3 mitos sobre as danças de salão

mitos-danças-de-salão

Há três afirmações que vejo sendo repetidas no decorrer de décadas, mas que pela minha experiência no ambiente das danças de salão não correspondem a realidade. São elas:

1- Casais se darão muito melhor ao aprenderem a dançar juntos

Nos longos anos em que fui professora de danças vi que pelo menos uns 95% dos casais que buscam fazer aulas juntos brigam… e muuiiitoooo!

Então, se vocês estão pensando em dar um upgrade na relação aprendendo a dançar juntinhos, e acreditando que isso resultará num fortalecimentos dos laços afetivos ou criará mais cumplicidade … hahaha!!!!… esqueça!!!!! Há grandes chances de que sua união desmorone.

Conheci inúmeros “casais 20” que se tornaram verdadeiros rivais depois que iniciaram aulas de danças (juntos). De pombinhos passaram a galos de briga. E não pense que são discussões sutis, pois não são. Vi shows de maus tratos, humilhações, indiferença, deboche, irritação, comparações depreciativas, choros, lamúrias… Relações que nunca passaram por crises, agora estavam em colapso.

Quando ambos se conhecem na aula de danças… aí sim, o relacionamento pode fluir bem… Acredito que a pouca intimidade serve como um freio para o esculacho recíproco.

Minha sugestão é que você faça as aulas com outros parceiros. Eventualmente, podem até tentar juntos para ver no que dá, mas, por medida de segurança, caia nos braços de terceiros.

2- Dançarinos e dançarinas são sexualmente quentes

Nunca transei com dançarinas, então não posso fazer uma afirmativa baseada unicamente em mim, mas, quanto aos homens, posso afirmar que isso não é verdade. A habilidade para dançar não tem nenhuma relação com o desempenho sexual ou com sensualidade.

Há de tudo!

Um dos homens mais frios que conheci na minha vida era um bom dançarino. Lembro dele como uma pedra de gelo, nunca havia estado com um homem tão morto sexualmente.

Há dançarinos excepcionais, cuja dança é repleta de sensualidade e prazer, mas… na cama… são absolutamente normais. Podem não ser ruins, mas também não deixam saudades.

3 – Dançarinos são homens que sabem tratar bem uma mulher

Na dança de salão as mulheres são chamadas de damas. Os caras vão à mesa convidar para dançar, pegam a dama pela mão e até dão beijinhos educados quando a dança finaliza. Verdadeiros cavalheiros(assim são chamados)… mas não se iluda! Esse é um meio muito machista, em que os homens se sentem bem porque os papéis são previamente definidos a favor deles.

Minha mestra de danças, Maria Antonieta, costumava dizer que as mulheres eram damas no baile, mas quando chegavam em casa iam direto para o tanque, para o fogão e para a faxina. Atualmente, pode não ser mais tão assim, mas a mentalidade de que a mulher tem um determinado papel a ser seguido ainda prevalece nesse meio.

Já conheci dançarinos famosos por bater nas mulheres, já vi dezenas de dançarinos grosseiros, mal-educados, que não aceitam a recusa de uma mulher, que ficam no banheiro fofocando com os outros homens sobre intimidades que tiveram com as parceiras de dança e que colocam a culpa na dama pelos erros que acontecem durante o bailado. Já vi incontáveis vezes o cara sair com uma mulher e no baile seguinte nem olhar para a cara dela porque estava com outra… e depois já nem olhava para a cara da última, porque já tinha uma nova.

Não tenham dúvida! Esse é o maior dos mitos!!!