5 lados podres das danças de salão para os homens

sapato de homem

Eu tentei, juro! Mas não consegui passar destes 5 míseros lados podres, pois as danças de salão são, de fato, um paraíso para os homens. Mas vamos ao pior!

1- Ter que convidar a mulher para dançar

Para alguns homens isso é uma tortura, pois tem que lidar com a possibilidade de recusa.

2- Ser recusado

É horrível mesmo! O cara vai até a mesa, chama a moça para dançar, recebe um não na frente de todo mundo e tem que sair com cara de tacho. Eles superam, ficam cascudos, mas é humilhante.

3- O desgaste físico

O trabalho para eles é mais pesado, especialmente quando gostam de fazer passos impactantes que jogam a mulher para cima, no colo, arrastam no chão etc. Adeus joelho, bye bye coluna!

4- O excesso de tarefas

Os caras é que conduzem, portanto eles têm que criar a coreografia, conduzir a dama, rodar o salão, administrar o espaço físico, evitar colisões. Tudo isso faz parte do jogo, mas exige muitas habilidades.

5- Fossilização

Como é o homem que dita quais passos serão usados, muitos se acomodam e passam anos a fio fazendo as mesmas sequências. Alguns até pioram e começam a esquecer que precisam conduzir as mulheres claramente.

Todo outro problema que um homem venha a encontrar, normalmente, é um obstáculo comum também para as mulheres, como, por exemplo, ter seu desempenho criticado negativamente, não se acertar com uma determinada parceira e aguentar umas “malas sem alça”.

Dessas cinco opções, acredito que somente as três primeiras são realmente um lado podre. As duas últimas(eu forcei um pouco a barra, senão a postagem ia ser muito pequena) são ossos do ofício, sendo que a fossilização pode ser bastante confortável para alguns.

De resto, tudo são flores!

Veja também:

21 Lados podres das danças-de-salão para mulheres

13 tipos de alunos odiosos

51 mudanças em 51 anos

15 babaquices que temos que escutar durante a vida

13 fatos sobre perfumes