9 efeitos colaterais da masturbação

Tenho uma postagem muito acessada no meu blog que se chama A masturbação e o ato de engordar. O conteúdo do texto não tem nada a ver com o que o título sugere e – confesso – me sinto meio desonesta com as pessoas que estão buscando alguma elucidação sobre a chance de engordar ao se masturbarem frequentemente. Então, vou dizer quais são as possibilidades, ou os efeitos colaterais, que podem ocorrer aos masturbadores habituais.

 

 

Físicos(depois do ato)

1- Dor. Quando há muita pressão sobre os órgãos ou se o tempo foi excessivamente prolongado.

2- Feridas e arranhaduras.  Quando se utiliza objetos que ao serem friccionados acabam por machucar.

3- Infecções e micoses. Quando põe a mão ou objetos sujos na genitália. As mulheres são especialmente vulneráveis a essa possibilidade.

4- Inchaço e obstrução da passagem do sangue. Quando o homem enfia o pênis dentro de objetos rígidos e com uma passagem muito apertada é possível que não consiga retirá-lo e, nesse caso, tem que ir o hospital o quanto antes, pois se o tempo for muito longo se corre o risco de danificar o bichinho.

5- Aceleração dos batimentos cardíacos. Isso não é um problema, mas se a pessoa tem doenças circulatórias pode haver algum mal-estar.

6- Aumento do nível de testosterona. Na verdade, quanto mais sexo se faz, mais vontade de fazer se tem, pois há a estimulação constante dos hormônios sexuais, sendo assim a masturbação pode ser afrodisíaca.

Tirando essas possibilidades nada mais pode acontecer com quem se masturba com frequência. Aliás, masturbação nem engorda e nem emagrece. Como qualquer atividade queima calorias, mas não são tantas que possam gerar uma significativa perda de peso.

Psicológicos

7- Prazer e relaxamento. Se você faz sem culpas ou sem medos.

8- Ansiedade. Se você achar que está fazendo algo errado ou se deixa de fazer por isso. Nesse caso, você pode até engordar sim, porém não por causa da masturbação, mas por causa da ansiedade que pode estar te fazendo comer ou beber demais.

9- Segurança quanto a própria sexualidade. Com a masturbação se aprende quais as melhores formas de prazer e os gatilhos para se excitar, portanto é extremamente benéfica para o amadurecimento sexual. Também há o conforto em saber que se um encontro sexual for muito ruim, nem tudo está perdido, pois basta se masturbar para garimpar um orgasminho. Isso é muito bom, pois faz com que a maioria das transas resultem em uma experiência de prazer, por mais medíocres que tenham sido.