Abuso verbal: o juiz

abuso-verbal-crítica

O tipo juiz tem dificuldade de aceitar a parceira como ela é, portanto vive a criticá-la. Ele também exige perfeição em tudo o que ela faz.

Veja: Abuso verbal: as razões para ser cruel

Veja: Abuso verbal: o sonegador

Veja: Abuso verbal: o opositor

Veja: Abuso verbal: o rebatedor

Ações

O abuso é disfarçado por uma generosa tentativa de ajudar. Diz que quer estimulá-la a dar o melhor de si como pessoa.

Tem o hábito de apontar situações constrangedoras a respeito da parceira diante de um público.

Costuma dizer

O teu problema é que…(faz uma colocação extremamente crítica e abusiva).

Você isso… você aquilo…

Você é louco.

Como você é estúpido!

Você nunca está satisfeito!

Ela mijou na cama até os quinze anos.

Ela tem medo da própria sombra.

Ela apanhava do ex-marido.

Na próxima vez você deveria fazer…(de tal forma).

Se você tivesse feito… teria sido melhor.

A vítima

Se sente como incapaz de fazer algo que preste. Nunca acerta. Fica um tanto infantilizada. Passa por constrangimentos ao ter seus segredos revelados diante de outras pessoas.

Se sente constantemente desrespeitada.

Fonte: The verbally abusive relationship – Patricia Evans