Abuso verbal: o piadista

abuso-verbal-piada

Eis um tipo que parece inofensivo, pois tudo vira um piadinha para ele. Se acha o cara mais humorado do mundo e se aproveira disso para enviar mensagens críticas e humilhantes para suas vítimas.

Veja: Abuso verbal: as razões para ser cruel

Veja: Abuso verbal: o sonegador

Veja: Abuso verbal: o opositor

Veja: Abuso verbal: o rebatedor

Ação

Faz brincadeiras e piadas machistas.

Sempre dá a entender que a parceira é uma estúpida.

Faz comentários que menosprezam a inteligência e as outras habilidades da parceira.

Faz ou fala alguma coisa que desperta medo na vítima e depois ri dizendo que é brincadeira.

Faz brincadeiras em público sobre aspectos constrangedores referentes à intimidade da parceira.

Está sempre insinuando através de gracinhas que a parceira não consegue fazer algo direito.

 

Costuma falar quando a(o) parceira(o) reclama

Você não tem senso de humor!

Você não entende uma piada!

Você só quer começar uma briga!

Você precisa de uma babá!

É porque você é loura!

A vítima

Se pergunta se realmente lhe falta senso de humor.

Fonte: The verbally abusive relationship – Patricia Evans