Seu novo amor vai dar problemas?

Seu novo amor vai dar problemas?

O entusiasmo com um novo relacionamento amoroso faz com que não se preste muita atenção aos comportamentos indesejáveis do outro, que na maioria das vezes dão um forte indício dos problemas que a relação vai enfrentar caso siga adiante. Vejamos algumas atitudes que podem se transformar num problema:

 

 

 

1- Telefona o tempo todo

Todo mundo adora receber aquela tão esperada ligação no dia seguinte. Aí o amado liga e a felicidade é total… então ele liga de novo… de novo… de novo…tudo no mesmo dia. Para alguns se trata de um bom sinal, prova de que agradou… mas…

…cuidado! Os controladores costumam fazer isso para que se crie um hábito. Embora no início possa ser percebido como uma forma de atenção, com a continuidade da relação essa prática passa a ser sufocante. É um adestramento!

Quebre esse hábito. Deixe de atender o telefone algumas vezes ou diga que está ocupada e liga depois. Vai doer… eu sei!… mas você evita atrair um “control freak”.

novo-amor

2- Perguntas e mais perguntas

Além de ligar, o sujeito pergunta onde e com quem a pessoa está. Na maioria das vezes, faz de forma descontraída, dando a entender que é só interesse pela vida do outro e blá, blá, blá. Ele mesmo fala onde está e com quem está(mesmo que seja mentira).

Cuidado! Além de invadir o espaço privado que todos nós temos direito, ele está tomando conhecimento dos hábitos da pessoa. No futuro, quando a parceira não quiser contar o que está fazendo, o indivíduo vai criar clima, insinuar traições, lançar um monte de chantagens emocionais, tudo em nome de manter o outro na linha… monitorado… comportado. 

Delicadamente, com um sorrisinho(ou sem), se pode responder que onde e com quem você está é segredo…secretíssimo!

novo-romance

3- Não deve haver segredos entre nós

Mas ele quer uma relação transparente, sem segredos. Tudo, absolutamente tudo, o que fizerem ou pensarem deve ser confessado. A parceira concorda, acreditando que falta de segredos e falta de privacidade são provas de amor. Ocorre, entretanto, que uma das partes vai entregar de mão beijada tudo o que o outro deseja e precisa saber para exercer um controle mais eficiente.

Situações insignificantes, se confessadas, podem abalar o relacionamento desnecessariamente. Há alguma utilidade em contar que se deu um beijo em outra pessoa? O beijo mudou o sentimento pelo parceiro? O beijo trouxe alguma doença que poderia passar para ele? Se o fato não muda em nada os sentimentos pelo outro, então por que abalar o romance com uma revelação vazia?

É bom deixar claro que você é quem decide que parte da sua vida quer revelar ou ocultar. Se ele não pode confiar em você, então deixe-o ir… melhor do que viver num confissionário.

novo-amor

4- Você vai com essa roupa(batom, maquiagem)?

A pessoa demonstra não aceitar como o outro se veste, como usa o cabelo, quanto usa de perfume ou de maquiagem, qual o tom de voz que utiliza, se ri alto, se fala palavrão, se demonstra muita extroversão ou se é excessivamente tímido, se anda rebolando…

Cuidado! (duplo!!!) Uma pessoa que não gosta, aceita ou respeita as característcas do parceiro é um detonador da autoconfiança alheia e demonstra doses consideráveis de perversidade, sadismo, insensibilidade. Além disso, tem que se perguntar as razões que levam alguém a querer estar do lado de um outro ser ao qual nada valoriza. 

Não se converta! É difícil levar uma vida tentando descobrir o que se espera de você. É chato estar sempre se sentindo frustrada devido as constantes rejeições e críticas negativas de quem se ama. Além disso, você vai se sentir insegura imaginando que essa mulher(homem) ideal está por aí e que logo seu amado vai descobrí-la(lo) e te dar um pé na bunda.

5- Pessoa que estoura à toa

O camarada se irrita fácil, sobe o tom de voz, dá socos na mesa, aponta o dedo na cara da parceira… isso tudo no início da relação… imagina quando entrar na fase do desgaste?

Cuidado! A mesa, em breve, pode ser o teu nariz. Uniões com pessoas violentas, física ou verbalmente, deixa o parceiro imobilizado e tenso. Nunca se sabe que atitude tomar, pois se teme a reação agressiva do outro. É 100% certo que será uma relação muito estressante.

Ele vai melhorar? Provavelmente não! Mas é melhor deixar para que outras descubram isso e se dê a chance de amar em paz!

novo-amor

6- Hábitos muito opostos

Um adora viver em tribo; o outro é um eremita. Um adora junk food; o outro é vegano. Um é urbano; o outro é bicho-grilo. Um adora sexo; o outro é quase assexuado. Um gosta de forró, pagode, funk; o outro só ouve música clássica. Em suma: não existem muitas afinidades entre ambos.

Os opostos podem até se atrair, mas o difícil é se aguentarem. É como um cabo de guerra. No início pode ser estimulante, mas com o tempo desgasta. Você não terá aquela pessoa conversando sobre como foi bom o show do Zeca Pagodinho… ou não vai ter aquele parceiro fazendo junto com você uma trilha pelo meio de uma floresta.

Encontre os pontos em comum e os fortaleçam. Evite buscar converter o outro, tentando provar que as coisas que você gosta são ótimas e que ele é que não sabe apreciar… ou está de má vontade.

7 – Questões sobre a ex

Como ele se dá e fala das ex mulheres/namoradas? Como trata os filhos que tem com outra companheira?

Se ele fala horrores da ex, fique certa que fará o mesmo com você quando a relação não estiver funcionando mais. Meteu porrada na ex? Muitas chances de fazer o mesmo contigo. Traiu a ex com você? É só esperar a peruca de touro. Não visita ou paga a pensão os filhos? Ele demonstra que não mantém o afeto pelas pessoas e não assume a responsabilidade pelos seus atos. É uma pessoa imatura, egoísta e desonesta.

Não se iluda. Não pense que você é um caso especial.  

novo-amor

8 -Se relacionou por longo tempo com pessoas excessivamente ciumentas.

Um cara me contou que estava assistindo televisão e comentou para a mulher como a Rosemary(cantora) estava bonita. Mal ele acabou de falar e já estava com um prato de macarrão atirado na sua cara pela companheira patologicamente ciumenta. Detalhe: ele ficou com essa mulher por nove anos.

Cuidado! Se alguém aguenta um parceiro que sofre de ciúme doentio por tantos anos é porque costuma ser ciumento também. 

Se perceber que o outro é muito ciumento, cai fora! Ciumentos são perigosos, estressantes, constrangedores e limitantes.

novo-romance

9 – Tem maneiras que incomodam

O sujeito é grosseiro com as pessoas. É fedorento. É sovina. É burro. Flerta com qualquer coisa que se pareça com mulher( ou vice-versa). Só gosta de sexo de uma maneira que a parceira não gosta. É covarde. É mentiroso. Não gosta de conversar com a parceira e nunca a chama para sair. Só a convida para ficar atrás de quatro paredes fazendo sexo. É ranzinza, mal-humorado, rabugento. Joga lixo no chão da rua. Nunca abre mão de fazer algo que gosta para estar com a companheira…

A lista é infinda, mas uma coisa é certa: não dá! No começo, você pode até achar que é o jeito dele, que as pessoas são diferentes, que temos que gostar do outro blá,blá,blá… mas espera essa relação cair na fase do esculacho para ver o horror que será aturar essas atitudes.